Apesar das instituições, prefeito e vereadores acham que a cidade não precisa de um museu para preservar a sua rica história, ÓminhaSantos e muitos de nossa população pensam diferente.

Com a certeza de que a Baixada Santista pode ser bem melhor, vamos mobilizar as forças vivas da cidade que têm sonhos e competência para realizar.
Trata-se de preservar e transformar em atração turística e cultural quase 500 anos testemunhados por documentos, objetos e construções que estão se deteriorando e sendo destruídos ao longo do tempo, por trato inadequado ou por abandono.

É preciso construir o Museu de Santos para preservar viva essa memória de quase cinco séculos que contemplaram um desenvolvimento econômico pujante, em ciclos: do sal, açúcar, banana, café, e industrialização.

O Museu de Santos, que irá transformar o nosso centro histórico em uma mini Disneylândia, vai aquecer o turismo, o comércio e a economia da cidade, apesar do prefeito e seus vereadores.

*Caso não consiga visualizar os comentários, verifique se não existe nenhum impedimento de acesso aos recursos do Facebook.